Peabiru: vem novidade por aí

21 de maio de 2013 em Rosana Bond

 

 

Rosana Bond. Foto/Arquivo: Celso MartinsEm agosto
Novidades sobre o
Caminho do Peabiru

 

A jornalista Rosana Bond encontrou na releitura de documentos sobre o Caminho do Peabiru revelações que não havia percebido inicialmente. Ela não antecipa os detalhes, pois em tempos de Face e outros meios, as novidades se espalham e são imediatamente apropriadas com boas e más intenções.

 

De-vez-em-quando

 

. Desculpem o silêncio por tantas semanas.
Sabem aquele refrão de mãe de filho arteiro, quando a casa fica suspeitamente em paz? (“Deve estar aprontando alguma. Está muuuito quieto…”)
Puis intão, como diz o manezinho.
Quando ando calada/sumida demais, podem apostar: tô aprontando.
Ou seja, fuçando papelada velha. Minha brincadeira preferida.
 

. Foi nessa fuçação, feita para atender a alguns amigos idosos e meu pai, idem (seo Bond completa oitentinha em agosto), que acabei achando um tesouro. Tesouro documental, gente, documental. Não carece assanhamentos.
Vou contar como foi.
 

. A turma, apaixonada pelo Caminho de Peabiru, tinha pedido para lhes esclarecer certos pontos do trajeto. “Vou fazer isso no Volume 3 ou 4 do livro”, respondi.
O livro em questão é o História do Caminho de Peabiru – Descobertas e segredos da rota indígena que ligava o Atlântico ao Pacífico. Até agora foram publicados os Volumes 1 e 2.
Como se tivessem combinado entre si, os meninos da melhor idade reagiram de maneira parecida: “Ah, Rosana, assim não dá. Do jeito que você demora pra escrever, quando sair o tal Volume já estaremos no mundo dos pés-juntos.”
 

. Chantagistas, não?
Divertidos chantagistas sentimentais.
Rendi-me.
Comecei a pesquisar e eis que senão quando, de repente e sem aviso, me deparo com uma novidade histórica sobre o Peabiru ! Uma tremenda riqueza !Tesouraço!
 

. Resumindo a novela, passo a vocês, queridos leitores da coluna, uma notícia de primeira mão. Não vou simplesmente dar as respostas aos adoráveis velhotes “peabirutas” e sim escrever um novo livro.
Será um Volume Extra, mais curto que os anteriores, que sonho lançar em agosto.
Os mais atentos já vêem que não é coincidência. Quero entregar o livro como presente de aniversário ao patriarca dos Bond, o jornalista e publicitário Rosnel.
Iiiiii…acabei de estragar a surpresa.

 

 

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone