Divino de 2014 tem Casal Festeiro

10 de setembro de 2013 em Festa do Divino 2013

 

Edimilson recebe de Alaete Marciano a Coroa do Divino. Foto: Edson Luiz da Silva/Velho Bruxo

Edimilson recebe de Alaete Marciano a Coroa do Divino. Foto: Edson Luiz da Silva/Velho Bruxo

Edimilson Damasceno e Maria Helena Possenti Damasceno formam o Casal Festeiro da Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora das Necessidades de 2014 em Santo Antônio de Lisboa. O anúncio foi feito no final da tarde de domingo durante a última missa dos festejos do Divino de 2013.
Filho de Haroldo Neves Damasceno (falecido) e Maria Rocha Damasceno, Edimilson é neto paterno de Nilo João Damasceno (dono do terreno onde foi feita a Barreira) e neto materno de Ildefonso Henrique da Rocha (Nem), de Sambaqui. Sua avó materna, Dona Lica, ainda vive e tem quase cem anos. Maria Helena é Possenti, da oficina autoelétrica Possenti, no trevo de acesso a Santo Antônio de Lisboa (Barreira).

(Quase) todos os festeiros

1924 – Coronel Antônio Pereira Oliveira (governador do Estado)

1928 – Alcides Goulart

1931 – Marcolino José de Lima

1935 – Roldão da Rocha Pires

1937 – Targino de Sena Pereira

1942 – Cel Pedro Lopes Vieira

1961 – Dr Dib Cheren

1962 – Maurilio Robege

1963 – Roberto Lapa Pires

1967 – Valdevino Amaral

1968 – Benjamin Amaro Pires

1969 – Gilson da Costa Xavier

1970 – Luiz João da Silva

1971 – Hipólito Mafra

1972 – Valecy Manoel Nunes

1973 – Durval Pires da Cunha

1974 – Amauri Mafra

1975 – Vicente Martins

1976 – Arno Lira Seara

1977 – Antonio Diomario de Queiroz

1978 – Jairo Lisboa

1979 – Antonio Koerich

1980 – Esperidião Amim Helou Filho

1981 – Não Teve Festa

1982 – João de Deus Sartorato

1983 – Não Teve Festa

1984 – Altino Dealtino Cabral

1985 – Manoel Pires da Cunha

1986 – Guilherme Serapião Branco

1987 – Armelindo Scoz

1988 – Aceção Luiz Gonzaga

1989 – Vilson Otaviano da Luz

1990 – Fausto Agenor de Andrade

1991 – Jaci da Silva

1992 – Antônio Fernando A. de Athayde

1993 – Luiz Francisco Malagolli

1994 – Antônio Pires da Cunha

1995 – Antônio Luiz Campos

1996 – José Carlos Blanco

1997 – Manoel Fidélio de Freitas

1998 – Gabriel Vaz Pires

1999 – Any Severiano de Souza

2000 – João de Deus Batista

2001 – Edenaldo Lisboa da Cunha

2002 – Roldão Vaz Pires

2003 – Lourival Machado da Silva

2004 – Manoel Hercilio Marciano

2005 – Anézio Agenor de Andrade

2006 – Timóteo Ferreira Filho

2007 – Jair da Luz

2008 – Nilso Gonçalves

2009 – Agenor Domingos de Andrade

2010 – Ivo Manoel de Oliveira

2011 – Manoel José Pereira Filho

2012 – Mauricio Cunha Martins

2013 – Alaerte Marciano

2014 – Edimilson Damasceno

(Nota: O levantamento é do historiador Sérgio Luiz Ferreira encaminhado ao Daqui na Rede por Edson Luiz da Silva/Velho Bruxo).

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone