Carnaval deve ser organizado com antecedência

24 de fevereiro de 2015 em CARNAVAL 2015

Adriano Ribeiro, presidente do Conseg Costa do Sol Poente. Foto: Celso Martins.

Adriano Ribeiro, presidente do Conseg Costa do Sol Poente. Foto: Celso Martins.

O Carnaval de 2016 de Santo Antônio de Lisboa precisa ser pensado e organizado com antecedência, visando minimizar os impactos da presença de 50 a 70 mil pessoas, como aconteceu na segunda-feira de Momo (16.2), segundo o comando do 21º BPM. Nesse dia os policiais tiveram que usar balas de borracha para afastar vândalos de um posto de combustíveis, enquanto na praça Getúlio Vargas, em frente à igreja, foi improvisada uma festa funck com direito a carro de som e energia elétrica, sem contar a proliferação de ambulantes clandestinos.

Foram esses os principais resultados da reunião desta segunda-feira (23.2) do Conselho de Segurança Comunitária (Conseg) do distrito de Santo Antônio, realizada no salão da igreja, onde sobraram elogios à atuação da Polícia Militar através do 21º BPM e críticas ao corpo mole da Prefeitura Municipal. Por exemplo, foram prometidos 50 seguranças particulares, mas só apareceram 30, insuficientes diante dos 110 que atuaram em 2014. O grupo que apoiou a segurança foi contratado na sexta-feira do início dos festejos.

A gerente de fiscalização da SESP, Ana Paula Machado, justificou as deficiências por contar com apenas 11 fiscais, quatro por turno e demandas em toda a cidade. A Setur foi convidada a participar mas não compareceu. Críticos do Carnaval também se ausentaram. “Cerca de 90% da diretoria do Conseg não é ligada ao Carnaval, mas não é por isso que vamos deixar de estar presentes na festa”, disse o presidente Adriano Ribeiro. A reunião teve a presença do subcomandante do 2º BPM, major José Nunes Vieira.

 

Nova diretoria

Está sendo lançado o edital de eleição da diretoria definitiva do Conseg Costa do Sol Poente para um mandato de dois anos, substituindo a atual (provisória). Ana Maria Blanco, Rafael de Lima e Alexandre Queiroz integram a comissão eleitoral. O Conseg volta a se reunir dentro de 15 a 20 dias para receber as inscrições de chapas. A eleição deve acontecer no dia 30 de março. Podem se candidatar à presidência e vice moradores que tenham participado de 50% das reuniões da entidade nos últimos 12 meses (para os demais cargos não existem restrições).

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone