Barraqueiros comemoram lucros no Carnaval

17 de fevereiro de 2016 em CARNAVAL 2016

Edenaldo e os barraqueiros. Foto Celso Martins.

Edenaldo e os barraqueiros. Foto Celso Martins.

Os barraqueiros que atuaram no último Carnaval em Santo Antônio de Lisboa realizaram uma confraternização na sede social do Avante na última segunda-feira (15.2), satisfeitos com os resultados dos quatro dias de folia. Só com as bebidas (cerveja e água) eles tiveram um lucro aproximado de R$ 55 mil, cerca de 40% do total. O restante foi obtido com a venda de alimentos em geral.

As informações são do presidente do Avante, Edenaldo Lisboa da Cunha (Feijão), que coordenou o trabalho. “Ao todo, esse pessoal saiu com um lucro aproximado de R$ 120 mil”, calcula. Os ambulantes não autorizados que atuaram na periferia da área da festa faturaram entre R$ 70 mil e R$ 80 mil. “Eles estavam com licenças para atuar no Centro e vieram a Santo Antônio sem que a SESP impedisse”, reclama Feijão.

Foto Celso Martins.

Foto Celso Martins.

Dezenas de moradores lucraram com estacionamentos, alguns usando seus terrenos, outros aproveitando áreas públicas ou privadas. O grande terreno da Fiesc na Barreira, por exemplo, foi usado na segunda-feira para o estacionamento de cerca de 300 veículos, ao preço de R$ 30,00 a unidade. “Calculo que tenham levantado R$ 150 mil”, destaca o dirigente do Avante.

Ele sugere que alguma entidade comunitária tome a iniciativa de entrar em contato com a Fiesc e explore legalmente esta área como estacionamento em 2017. “Se o local for iluminado e ganhar algumas melhorias, pode receber até mil veículos. Seria um faturamento para garantir a atividade todo o ano”.

Os recursos levantados por estas famílias no Carnaval “são importantes para a compra do material, reformas ou ampliações nas casas ou alívio de alguma dificuldade financeira”, avalia Edenaldo.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone