As aventuras de “Marujo” nos sete mares – 1/10

11 de março de 2016 em Marujo dos Sete Mares - Antônio Cardoso, Memória

Por Celso Martins

Marinheiro dos sete mares à bordo da Frota Oceânica e do Lloyd, familiarizado com os principais portos do mundo, munido de uma câmera Yashica, muita curiosidade e disposição para o trabalho. Esse é o resumo do perfil de Antônio Cardoso, o popular “Marujo” em Sambaqui (Florianópolis-SC) e região, o “Russo” no Rio de Janeiro (RJ), e o “Alemão” em Santos (SP), nascido em 1937 na cidade portuária de Laguna (SC).

O Daqui na Rede passa a publicar nesta segunda-feira (14.3) uma reportagem em dez partes sobre a trajetória de “Marujo”. As entrevistas, visando recuperar as memórias e contextualizar a coleção de fotos e moedas em papel de diferentes continentes, também serviram para que ele reencontrasse um antigo colega de trabalho, um grande amigo, Ailson Marinho dos Santos, que mora em Caruaru (PE). Os dois fizeram contatos telefônicos e Ailson ficou de visitar o amigo em Sambaqui. Outro personagem das memórias de “Marujo” é o almirante Luiz Paulo Frederico Beltrão, já falecido, cujo filho, Ângelo, encaminhou texto e fotos sobre aqueles tempos.

Todos os capítulos que integram a reportagem foram lidos e analisados por Antônio Cardoso, que autorizou a publicação. Só não leu a manifestação do filho do almirante Frederico Beltrão, propositalmente, para não estragar a surpresa.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone