À meia noite, “Fora, Temer” e “Fora, Gean”

2 de março de 2017 em CARNAVAL 2017, Galeria de imagens

 

Por Celso Martins (texto) e Ayrton Cruz (fotos)

 

Domingo em Santo Antônio.

Domingo em Santo Antônio.

O Carnaval em Santo Antônio de Lisboa no último domingo terminou com os gritos de “Fora, Temer” e “Fora, Gean”, devido ao brusco encerramento da participação da banda do Zé Pereira/Nossa Senhora da Lapa. Tudo começou com problemas no caminhão do trio elétrico da banda do Ribeirão da Ilha, no Morro da Lagoa.

“Fizeram macumba. Tivemos que mandar três guinchos ao local. O primeiro não resolveu, nem o segundo. Só na terceira tentativa deu certo”, relata o presidente do clube Avante, Edenaldo Lisboa da Cunha (Feijão). Até que tudo ficasse resolvido e o Zé Pereira pudesse desfilar na rua Cônego Serpa, faltavam poucos minutos para a meia-noite, prazo limite para o encerramento da folia, conforme a programação.

À meia noite em ponto, com 15 minutos de Zé Pereira, um oficial e soldados da PM se apresentaram na central do Carnaval no clube Avante e deram o ultimato: se não desligassem o som naquele momento, não haveria nada no dia seguinte.

Não restou outra alternativa senão cumprir a ordem, enquanto o efetivo policial tomava o caminho da roça. Foi quando surgiram (espontaneamente) os gritos de “Fora, Temer” e “Fora, Gean”, repetidos durante alguns minutos.

 

Pacatos foliões.

Pacatos foliões.

Folia

Antes da apresentação do Zé Pereira, havia rolado o Carnaval Dazantigas, com Wagner Segura e Banda, seguido do trio elétrico da banda Gatos de Rua.

Tudo isso foi acompanhado pelo fotógrafo Ayrton Cruz e mostrado na reportagem visual abaixo.

CARNAVAL EM SANTO ANTÔNIO, domingo, 26.2.

Fotos: Ayrton Cruz/Especial para o Daqui na Rede.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone