Caminhão da Comcap desliza morro abaixo

19 de maio de 2017 em Destaque, Destaque, Galeria de videos

 

 

Entalado. Foto: Celso Martins.

Entalado. Foto: Celso Martins.

A habilidade do motorista livrou três trabalhadores da Comcap e moradores da rua Fernando José de Andrade (rua do Gugu) de uma tragédia.

Se fosse pelo caminhão o pior teria acontecido: velho, com os pneus carecas, freio duvidoso, o veículo deslizou por parte da via, derrubou um muro e causou alvoroço, até ficar entalado entre dois muros em uma curva na parte mais baixa.

O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira (19.5), pouco depois das 10 horas, quando era feita a coleta do lixo. O resgate do veículo deve ser feito ainda hoje. Outro caminhão foi enviado pela empresa para executar a coleta.

 

Posição da Comcap

O presidente da Comcap, Carlão Martins, lamenta o ocorrido e informa que já mandou instaurar sindicância interna para apurar porque não foi cumprido o check-list para a liberação do caminhão compactador e se houve algum tipo de imperícia ou negligência no uso do equipamento para aquelas condições de tráfego (alto declive em dia de chuva).

O caminhão compactador é novo, tem pouco mais de dois anos de uso, há estoque de pneus e, por muito menos, o sistema de controle da companhia impede os veículos de deixarem o pátio. “Já vi pararem caminhão na coleta por falta de lâmpada na cabine, então há alguma desconformidade nesse caso”, afirma o presidente. Felizmente, destaca, houve apenas danos materiais, mas é preciso prevenir situações como essa que poderiam acarretar consequências bem mais graves.

O Departamento de Coleta agiu prontamente no local, garantindo a segurança da equipe e dos moradores, agora serão apuradas as razões do acidente. O Departamento de Manutenção e Transporte, que resgatou o caminhão no local, já descartou problema de freio e verificou que, fora o pneu dianteiro que estava chegando ao ponto de troca, pelo indicador TWI, e que deve ter sofrido avaria na própria manobra, os demais estão em condições adequadas. O caminhão, aliás, foi retirado em marcha ré e rodou de volta até a base sem qualquer dificuldade, comprovando as condições mecânicas.

Os caminhões coletores da Comcap operam com carga pesada e alta rotação, mas a companhia assegura as condições de trabalho para manter a qualidade e a segurança da frota. O DPMT conta com 90 empregados, incluindo administrativos, que conseguem garantir a entrada e saída de 15 caminhões por dia na oficina da Comcap“. (Texto encaminhado pela assessoria de comunicação da Comcap, às 19h21).

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone