Comunidade pede melhorias no transporte

5 de maio de 2017 em Mobilidade

Reunião na ABS sobre mudanças no transporte público do distrito. Foto: Anita Martins.

Reunião na ABS sobre mudanças no transporte público do distrito. Foto: Anita Martins.

 

Por Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede

 

A reunião desta quinta-feira (4.5) na Associação do Bairro de Sambaqui (ABS) sobre recentes e futuras mudanças no transporte público do distrito terminou com oito principais demandas aprovadas coletivamente e uma comissão formada por lideranças locais e moradores. Os próximos passos são encaminhar os pedidos e marcar uma reunião com representantes da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana de Florianópolis e do Consórcio Fênix, que administra os ônibus urbanos da cidade.

As solicitações são:
1) Restituição da linha Ticen-Sambaqui/Sambaqui-Ticen, que já foi substituída pela Ticen-Tisan/Tisan-Ticen, sem consulta à comunidade. “Essa modificação já nos impactou, pois perdemos exclusividade na nossa linha, que claramente passou a servir todo o norte da ilha”, explica a presidente da ABS, Dóris Gomes;
2) Adição de horários nessa linha, inclusive nos fins de semana. “O distrito é turístico, tem praias e vários estabelecimentos comerciais. Turistas e funcionários precisam de mais ônibus”, comenta Zeneide Melo;
3) Mudança do ponto final, na Barra do Sambaqui, para a altura da casa do seo Romeu. Atualmente, fica antes do morro da Igreja de São Sebastião, sendo que cerca de 500 pessoas moram depois. Uma das moradoras, Iolanda Santos da Silva, reuniu 450 assinaturas em um abaixo-assinado. “Estou há anos nessa luta. Tem gente doente que não consegue subir o morro, tem criança que precisa ir para a escola na chuva. Todo mundo paga igual, temos que ter esse direito”;
4) Respeito a todos os horários, itinerários e pontos, pois há relatos de que isso não está acontecendo;
5) Definição de horários fixos nos terminais, e não estimados/previstos, como no momento.
6) Conserto dos pontos de ônibus;
7) Adequação dos horários do ônibus executivo para que seja intercalado com os do ônibus comum, já que hoje “eles passam quase na mesma hora”, observa o advogado e vereador Gabriel Meurer, que já vem pedindo melhorias;
8) Acréscimo de uma linha de ônibus circular, de 15 em 15 minutos, ora indo primeiro até a Ponta, ora indo primeiro até a Barra.

Na comissão, estão Alexandre Galvão, Bernardus Kraijnbrink, Iolanda Santos da Silva, Maria Aparecida Marquesini, Paulo Castro (intendente), Rafael de Lima (representante do gabinete do vereador Gabriel Meurer) e Rose Hoffmann. Os integrantes estão determinados a não permitir modificações que afetem a comunidade negativamente.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone