Obras na Padre Rohr podem ser retomadas

23 de junho de 2017 em Galeria de videos, Mobilidade

 

 

Placa atual. Foto: Celso Martins.

Placa atual. Foto: Celso Martins.

As obras de asfaltamento da rua Padre Rohr podem ser retomadas nas próximas semanas. A ligação com a rodovia Isid Dutra, saindo ao lado da Escola Marcolino Lima, depende da desapropriação de um imóvel no fim da via. Uma equipe da secretaria municipal de Infraestrutura fará um levantamento do custo e levará para análise do prefeito Gean Loureiro, que dirá se o município tem condições financeiras para fazer uma oferta. “Caso esta não seja aceita pelo proprietário, será depositado em juízo e declarada a desapropriação da área”, narra o gabinete do vereador Gabriel Meurer.

Primeira placa. Foto/Arquivo: Celso Martins.

Primeira placa. Foto/Arquivo: Celso Martins.

Esse foi o principal resultado de reunião na última quarta-feira (22.6) entre representantes de Sambaqui e Barra do Sambaqui com os secretários de Infraestrutura, Roberto Garcia, e dos Transportes e Mobilidade Urbana, Marcelo Roberto da Silva. Presentes os assessores dos gabinetes dos vereadores Edinon Manoel da Rosa (Dinho, PMDB) e Gabriel Meurer (Gabrielzinho, PSB).

O vereador Edinon Manoel da Rosa (Dinho), por outro lado, solicitou que a Prefeitura melhore as condições dos trechos inicial e final da rua Padre Rohr, deixados fora do asfaltamento. As duas áreas, em Santo Antônio de Lisboa e na Barra do Sambaqui, são os pontos de maior concentração de moradores em toda a via.

 

Destino da Isid Dutra

A revitalização da rodovia Isid Dutra pode começar pelo fim da via, permitindo o deslocamento do ponto final dos coletivos da Barra do Sambaqui. A possibilidade foi discutida na mesma reunião, onde o secretário Roberto Garcia informou que os técnicos estão in loco fazendo um levantamento topográfico.

“Inicialmente, o trecho contemplado pelo projeto de revitalização iria até a Igreja. Porém, em virtude de uma demanda da comunidade e a pedido da assessoria do parlamentar, o projeto de revitalização contemplará toda a extensão da rua, até os arredores do rio Veríssimo”, informam os assessores de Gabrielzinho.

Tudo vai depender de recursos, sendo possível a execução do projeto em três momentos distintos. Ficou claro também que nada será iniciado antes de agosto, conforme relato de Ben Kraijnbrink, integrante da comissão de mobilidade integrada por moradores de Sambaqui e Barra do Sambaqui.

“O projeto de revitalização da Isid Dutra até o morro da Igreja está pronto, mas os moradores pediram a extensão da obra até o final da Barra, perto da residência do senhor Romeu de Lima”, destacou o vereador Dinho.

 

Ponto de ônibus

O vereador Dinho informa haver solicitado a transferência do ponto final de Sambaqui para a praia do Toló, devido aos congestionamentos no verão no local atual.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone