Bingo do Divino alegra comunidade

6 de agosto de 2017 em FESTA DO DIVINO 2017, Galeria de imagens

Tenda montada em frente ao salão paroquial. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Tenda montada em frente ao salão paroquial. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Cerca de 600 pessoas lotaram o Grande Bingo do Divino, na noite deste sábado (5.8), no salão paroquial da Igreja de Nossa Senhora das Necessidades, em Santo Antônio de Lisboa. Do lado de fora, uma tenda foi montada para abrigar mesas extras, que também ficaram cheias, apesar do frio. Entre os 60 prêmios sorteados, como edredons, chaleiras elétricas, liquidificadores e bolos, havia os mais almejados.

Um deles era a diária em um apartamento luxo no hotel Majestic, com café da manhã, que levantou um “ooooh” generalizado quando anunciado pelo historiador Sérgio Ferreira, integrante da Irmandade do Divino Espírito e da Comissão Organizadora da festa. Quem ganhou foi o casal de aposentados Naial Pereira de Andrade dos Santos e Orlando dos Santos. Eles esperam aproveitar o prêmio mais para o fim do ano.

Orlando, que ganhou um dos leitões no bingo. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Orlando, que ganhou um dos leitões no bingo. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Três leitões, com 70 dias de vida, também estavam entre as prendas. Um foi para o aposentado Armando Costa, que antigamente criava porcos nos arredores da rua Padre Rohr. “Cheguei a ter nove uma vez, mas hoje em dia não pode mais.” Armando ainda não decidiu se vai mandar carnear o porquinho já ou se vai deixá-lo engordar até uns seis meses.

Dedicação e fé

Além da diversão do bingo, houve muita comilança. Cachorro quente, batata frita, pastel, sopa, pirão com linguiça, canjica. O pessoal da cozinha trabalhou a todo vapor para servir delícias quentinhas. A festeira Maria de Lourdes Andrade Padilha (Dinha) estava lá, fechando pastel, mexendo pirão e contando sobre a felicidade de ser a anfitriã da festa de 2017, junto com o marido, José Roberto Padilha, que, enquanto isso, vendia números para os sorteios da noite.

Casal festeiro de 2017, Padilha e Dinha. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Casal festeiro de 2017, Padilha e Dinha. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Dinha e Padilha já haviam sido convidados para ser festeiros anteriormente. “Ainda não tinha aceitado porque temia a responsabilidade. Mas, com o envolvimento que tive quando outros três irmãos meus foram (Fausto, Anézio e Agenor), ganhei experiência e me senti preparada. A fé pelo Espírito Santo cresceu muito no meu coração”, conta Dinha.

Agora, ela está vivendo a festa intensamente. “Logo depois do Carnaval, comecei a festejar o Divino. E tenho que dizer que a melhor parte são as saídas com a bandeira, os peditórios, as novenas. Em cada casa que entramos, há um desafio, seja desemprego, doença ou conflito. E as pessoas nos recebem com muita fé. Passam a bandeira na cabeça, na parte do corpo que está enferma, no leito onde dormem.”

Dinha tem recebido pedidos para levar a bandeira em vários lugares da ilha, como Costa da Lagoa, Centro, Campeche, Ingleses, Jurerê e Vargem Pequena. “Temos ido sempre que possível. E tem sido maravilhoso. Estou muito feliz. Quando chegar a data da festa, acho que vou ficar triste, pois estará perto de acabar.”

Livro de Célio Marciano

Célio Marciano trabalhando no bar do Grande Bingo do Divino. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Célio Marciano trabalhando no bar do Grande Bingo do Divino. Foto: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Durante o bingo, também começou a venda antecipada do livro de poemas de Célio Marciano que será lançado durante a Festa do Divino 2017. Até a metade da noite, 14 exemplares já haviam sido reservados. O preço adiantado é de R$ 25. No lançamento, o livro, que está sendo editado pelo Daqui na Rede, será vendido por R$ 30.

BINGO DO DIVINO 2017. Fotos: Anita Martins/Especial para o Daqui na Rede.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone