Machado, Paraíso, o Contestado no Carnaval

1 de outubro de 2017 em Cultura

 

O professor da UFSC, Paulo Pinheiro Machado, e a diretora do documentário “Terra Cabocla”, Márcia Paraíso, participam de uma “aula magna” sobre a Guerra do Contestado nesta terça-feira (3.10), às 19h, no Instituto Arco-Íris (travessa Ratcliff, esquina com calçadão da João Pinto).

A iniciativa será o pontapé inicial da formação do Bloco Contestado, “homônimo da Guerra por coincidência”, brinca o jornalista Artur de Bem.

Surgindo como ” bloco estritamente cultural”, diz, “seu ideal é cantar as histórias de lutas por uma sociedade mais justa, mostrando que o nosso povo sempre lutou e continuará lutando”.

Assim sendo, “o Contestado não pleiteia dinheiro, avenida, luxo. Somos do povo e para o povo. Nosso cortejo é na rua!” A iniciativa de terça-feira visa debater e “ajudar a divulgar o tema, que é pouco falado, e até evitado em alguns locais do setor público. Vamos falar de João Maria, José Maria, Teodora, Maria Rosa, Adeodato, e outros tantos ‘Pelados’ heróis do povo catarinense, e quiçá brasileiro”, complementa Arthur de Bem.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someone