Festa dos 98 anos do senhor ‘Cilo’ Marciano

Festa dos 98 anos do senhor ‘Cilo’ Marciano

  Hercílio Pedro Marciano (Cilo) comemorou 98 anos de idade neste domingo (17.9), cercado por familiares. A festa estava marcada para o domingo passado, mas acabou transferida por coincidir com os festejos do Divino. Segundo o historiador Sérgio Luiz Ferreira, no prefácio do livro “A Barra que ainda vivo”*, Hercílio Pedro Marciano era “filho de
...Leia mais

Sérgio Ferreira embarca para o Canadá

Sérgio Ferreira embarca para o Canadá

  O historiador Sérgio Luiz Ferreira embarca nesta segunda-feira (11.9) para o Canadá, onde participa de reunião do Conselho Mundial das Casas dos Açores. O evento com representantes de várias partes do mundo acontece entre os dias 12 e 17. Sérgio permanece no Canadá até o dia 22, aproveitando para realizar duas conferências nas universidades
...Leia mais

Prof. Lúcio Giovanella faleceu na Capital

Prof. Lúcio Giovanella faleceu na Capital

  Faleceu na madrugada de sexta-feira (25.8), em Florianópolis, o professor Lúcio Flávio Giovanella, 56 anos, integrante da bateria do bloco Baiacu de Alguém, de Santo Antônio de Lisboa. O corpo foi velado no Itacorubi, com a presença de amigos, alunos e a leitura de poemas. Em seguida, foi encaminhado para cremação e as cinzas
...Leia mais

Sepultado o comerciante Carlito Luz

Sepultado o comerciante Carlito Luz

  Faleceu às 6h30 desta sexta-feira (18.8) o comerciante Carlito Luz, 85 anos, residente na Barra do Sambaqui, dono do primeiro estabelecimento comercial do bairro. O corpo foi velado e sepultado em Santo Antônio de Lisboa no fim da tarde. A despedida foi prestigiada por centenas de amigos, parentes e vizinhos.

Falece Adão da Barra. Velório em Sto Antônio

Falece Adão da Barra. Velório em Sto Antônio

  Adão José Vitorino, o Adão da Barra, 73 anos de idade, faleceu às 17h40 de hoje (terça, 1.8), no Hospital de Caridade (Florianópolis), vítima de câncer na próstata. O velório aconteceu em Santo Antônio de Lisboa, onde foi sepultado na quarta-feira (2.8). Figura conhecida e querida na região, foi pescador e se aposentou como
...Leia mais

Odenir foi sepultado em Santo Antônio

Odenir foi sepultado em Santo Antônio

  Dezenas de parentes e amigos compareceram ao sepultamento do pedreiro Odenir Farias, ocorrido na manhã desta terça-feira (18.7), no cemitério da Irmandade do Divino Espírito Santo de Santo Antônio de Lisboa. As orações no final do velório foram do padre Edinei da Rosa Cândido, destacando as virtudes do falecido e seu envolvimento nas atividades
...Leia mais

Falece no Cepon o pedreiro Odenir Farias

Falece no Cepon o pedreiro Odenir Farias

  O pedreiro Odenir Farias, 61 anos, residente na travessa Jandira Pires da Cunha, em Sambaqui, faleceu às 13h30 desta segunda-feira (17.7) no Hospital do Cepon, no bairro Itacorubi (Florianópolis). A esposa, Cláudia Back Farias, diz que o marido faleceu tranquilo e desde sexta-feira apresentava piora do estado geral, devido a um tumor no cérebro.
...Leia mais

Família doa órgãos de comerciante acidentado

Família doa órgãos de comerciante acidentado

  Valdir Silva, cerca de 54 anos, passou a vida profissional em contato com o público. Tendo falecido em decorrência de um acidente, dez dos seus órgãos foram doados pela família, residente em Cacupé, inclusive os olhos. Isso significa que partes do senhor Valdir, que atendia gentilmente a freguesia do supermercado Comper (Trindade) e do
...Leia mais

Dona Rosinha, a nova ‘Manezinha da Ilha’

Dona Rosinha, a nova ‘Manezinha da Ilha’

  A renomada rendeira dona Rosinha dos Santos Cruz, 85 anos, residente na Barra do Sambaqui, recebeu a Medalha Manezinho da Ilha Aldírio Simões nesta segunda-feira (10.7), durante sessão solene na Câmara Municipal de Florianópolis. Na ocasião também foram entregues a Medalha do Mérito Desportivo do Município de Florianópolis e o Troféu Pedro Medeiros a
...Leia mais

Falece a rendeira Ilda da Ventura Alves

Falece a rendeira Ilda da Ventura Alves

  Faleceu quarta-feira (5.7) a rendeira Brunilda (Ilda) da Ventura Alves, viúva de Higino Possidônio Alves, residente na Barra do Sambaqui. Dona Ilda era filha de Venceslau do Amaral Ventura e irmã de Manoel da Ventura (Deca-Deca). As informações sobre a rendeira são do historiador Sérgio Luiz Ferreira. Foi velada e sepultada em Santo Antônio
...Leia mais